12/12/2013

O ALTAR...


Nestes últimos dois meses tenho passado muito tempo na natureza... O contato com a mãe terra trouxe-me vários insights e tenho de reconhecer que este contato tão direto com a selva,  os povos tribais, as plantas, os cristais, tem sido precioso para o continuar do caminho de regresso ao "Lar" e por isso escrevo este texto hoje... Sobre o ALTAR.
Sinto que se cada um de nós tivesse um altar em sua casa,  um espaço dedicado a si, grandes transformações e curas aconteceriam!!

Pode parecer insignificante, mas vejo uma grande importância neste "pormenor"...
Na antiguidade, as mulheres honravam-se, honravam o seu ritmo biológico, o seu corpo, o seu templo sagrado, as suas danças, o Feminino era Sagrado... E eram honradas pelos homens que as admiravam pela sua magia, o seu poder alquímico, curador, e não pela competição... 
Sabemos que durante muito tempo as energias foram alteradas, muitas feridas foram abertas e muitas dessas marcas ainda coexistem no nosso ADN...
Hoje, este novo tempo, esta Nova Era dimensional, tornou-se um momento precioso para o equilíbrio da energia nos humanos e por conseguinte, no planeta... E por isso falo do altar...

Este altar deve ser primeiro que tudo um altar interno, um templo de amor que honra a divindade que Somos... Mas materializar esta ideia parece-me perfeito! Os nossos antepassados ancestrais tinham este ritual íntimo e de profunda beleza... utilizavam velas, flores, objetos de poder... Tudo o que pudesse ser honroso...

Este é um momento apropriado para retornar ao sagrado... para voltar "ao Lar"... É tempo de fazer o nosso próprio altar e cuidar, orar, pedir a essa Divindade tudo o que precisamos, tudo o que queremos para a  nossa vida... Seja amor, paz, cura... É tempo de reverenciar o Deus que Somos...  
E não são apenas as mulheres que devem resgatar o seu Feminino Essencial, os homens também devem aceitar, integrar e honrar a energia feminina em si... 

Eu tenho o meu altar em casa, com fotos minhas, com alguns cristais e objetos de valor para mim... Aos poucos ele vai-se alterando, à medida que eu também me vou transformando... 
É um lugar que me faz relembrar de quem Sou... 

 <3