20/03/2014

10 Motivos pelos quais deverias pedir demissão


A sociedade torna o homem uma marioneta do MEDO - Medo da não PERTENÇA... 

Já manifestei várias vezes a minha posição em relação à manipulação, desde as notícias, à educação, passando pela moda, comida, marcas, status... Enfim... toda uma cultura virada para a não LIBERDADE.

Se alguém que esteja a ler este artigo sentir um ou mais destes sintomas... MUDA! MUDA TUDO! O querer tem mais força do que imaginamos, e sair da zona de conforto é o que nos traz crescimento, evolução, avanço!

Aqui ficam os 10 Motivos pelos quais deverias pedir demissão segundo os brasileiros "Nômades Digitais": 

"
1. Você não é um rato. E a vida não é uma corrida.
Desde sempre você aprendeu que na vida há uma ordem lógica de passos que todos devem seguir para conquistar sucesso profissional.

Formar-se na escola / entrar na faculdade / escolher uma carreira dentre as disponíveis (de preferência a que der mais dinheiro) / Arrumar um estágio / Conseguir um emprego estável / Trabalhar para ir subindo de cargo e cada vez ganhar mais / Trabalhar, trabalhar, e trabalhar até à reforma e poder finalmente curtir a vida.
Acontece que, o mesmo sistema que permite que você ganhe dinheiro, precisa que você gaste esse dinheiro – só assim a roda do capitalismo gira. E é exatamente por isso que você trabalha tanto, e tem sempre a impressão de que nunca sobra dinheiro. Isso acontece porque quanto mais você ganha, mais aumenta o seu padrão de vida, e consequentemente precisa de mais dinheiro para mantê-lo. 




2. Deixar para curtir a vida quando você se reformar é um péssimo negócio.
deixar para curtir a vida quando envelhecer é uma estupidez. Primeiro porque, você nem sabe se chegará vivo até lá. Segundo, se chegar, vai perceber que não tem toda a vitalidade que imaginava que teria quando traçou os planos para começar a se divertir depois da reforma. E o pior de tudo – quando você tiver essa constatação, já vai ter sido tarde demais. A única forma de escapar dessa frustração é perceber o erro antes, e fazer algo a respeito para evitar que ele aconteça.


3. Você está acabando com a sua saúde ao se forçar trabalhar em algo que não te faz feliz.
Você pode mentir para o mundo inteiro e viver com um sorriso estampado no rosto. No entanto, se detesta o seu trabalho ou se trabalha em algo que não o satisfaz, o seu corpo está a sentir todos os sinais, e esta reagindo a eles. 


4. O seu trabalho está a roubar tempo que você poderia investir no que gosta de fazer e no que é bom de verdade.



5. Você está a rodear-se de pessoas desmotivadas que só te vão colocar pra baixo.
Há uma teoria que diz que somos resultado das influências das 5 pessoas com quem mais convivemos. Ou seja, se você passa o dia com pessoas alegres, inspiradoras, criativas, as hipoteses de você ser alguém alegre, inspirador e criativo são gigantescamente maiores, e o mesmo acontece com o inverso...


6. O seu trabalho está a matar a sua criatividade.


7. Os seus filhos serão criados por alguém que não é você.


8. Você é apenas uma peça substituível.
Não importa o quão competente você seja, e o quanto o seu chefe faz parecer que você tem uma importância vital na empresa, jamais se esqueça – você é uma peça totalmente substituível. A empresa em que trabalha provavelmente já existia antes de você chegar e vai continuar existindo depois que você sair. 


9. Você está infeliz.

Você odeia as segundas-feiras?
As noites de domingo deixam-te depressivo?
A hora que você mais ama no dia é 18h, quando pode sair do trabalho?
Você tem se sentido sem disposição e ânimo?
Você fica feliz quando pega uma virose ou conjuntivite porque não precisa ir trabalhar?

Se a maioria das respostas foram positivas, é a comprovação de que você deveria repensar urgentemente o seu caminho profissional.



10. A vida é sua. Você faz as regras.
Você chegou até aqui tentando encaixar-se nas expectativas das outras pessoas.
 Nunca pareceu estranho que 7 bilhões de pessoas tenham que se encaixar em somente uma centena de profissões e carreiras que já existem? A vida é uma jornada única para cada indivíduo e não existe um tipo de lifestyle que se encaixe bem para todos. Você não precisa seguir a mesma trilha somente porque todas as pessoas estão seguindo também. Você não precisa passar a vida reclamando do seu trabalho e do seu chefe, somente porque esse é o assunto dominante nos happy-hours e todo mundo parece OK vivendo dessa forma.


ps: Acreditamos que toda mudança na vida precisa ser feita com cautela e planejamento. Não defendemos a ideia de jogar tudo para o alto, e embarcar num sonho, sem ter se preparado para isso. É preciso muita reflexão, estratégia, e planos para que o sonho não se transforme em pesadelo. Antes de pedir demissão, é sempre recomendável ter uma quantidade de dinheiro reservada para segurar as pontas no começo até que você consiga começar a lucrar com seu novo trabalho, ou então alguma outra fonte de renda paralela. O importante é ter sempre um Plano B, C ou até D caso as coisas não saiam da forma esperada."



Fonte: Hypeness